SEAT Altea Freetrack

SEAT Altea Freetrack

Foi para uma clientela mais aventureira que a Seat criou o novo Altea Freetrack, aproveitando os bons argumentos familiares da versão longa Altea XL, adicionando uma maior altura da carroçaria ao solo (40 mm face à versão XL) e o comprovado sistema de transmissão integral Haldex.

Este modelo, que marca a entrada da marca espanhola no concorrido segmento dos SUV, distingue-se pelos plásticos que protegem a parte inferior da sua linha de cintura, pelos pára-choques dianteiros e traseiros, que são específicos e de maior dimensão, e pelas jantes de 17 polegadas com design exclusivo.

Ficando a meio caminho entre uma carrinha e um SUV, o novo Altea Freetrack atinge a sua expressão máxima para o mercado português na versão Diesel, animada pelo enérgico motor 2.0 TDI de 170 CV, que lhe oferece uma boa competência estradista, ao mesmo tempo que se revela um aliado precioso nas incursões por terrenos mais íngremes.

Esta motorização seduz pela resposta rápida e segura desde os baixos regimes. As acelerações enérgicas e as recuperações céleres prolongam-se até aos regimes elevados, fazendo esquecer o peso que esta versão ganhou com a adopção da tracção total.

Outros motores disponíveis são dois: a gasolina, 2.0 TFSI de 200 CV e Diesel, 2.0 TDI de 140 CV , este apenas disponível com duas rodas motrizes.

É certo que a imagem familiar do Altea XL continua bastante presente no Freetrack, mas este não deixa de transparecer a aparência de estar apto para se aventurar em terrenos vedados à versão que lhe serviu de base.

No interior, é possível detectar que as diferenças entre estas duas variantes se dissolvem. A nota mais divergente no design interior do novo modelo passa pela decoração bicolor, patente nos painéis das portas e na consola central, e o logótipo Freetrack inserido no punho da alavanca da caixa.  O equipamento é completo, onde não falta uma consola de gavetas instalada no tecto, onde está inserido, na última fila, um ecrã TFT de sete polegadas, permitindo ligar equipamentos como um leitor de DVD portátil, uma consola de jogos ou mesmo um simples leitor de MP3, através de fichas RCA e uma tomada de 12V.

Dispondo de um bom nível de equipamento e um motor sedutor, o Altea Freetack 2.0 TDI de 170 cv é proposto por 37 505 euros, valor que não é propriamente convidativo, mas fica bem abaixo de muitos SUV compactos com motores de menor potência.

Fonte: Automotor

(4185)

Partilhe
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
http://www.4rodaspt.com/2007/05/seat-altea-freetrack/
Twitter
SHARE