Iveco Massif

Iveco Massif

A Iveco, deu inicio à comercialização do Massif no mercado espanhol, com preços a partir dos 22.500 euros.

Este todo-o-terreno puro e duro, com fortes semelhanças com o Land Rover Defender é resultado da aliança entre a Italiana Iveco e a Espanhola Santana. Será produzido em Linares, Espanha, lado a lado com o Santana Anibal.

Em relação ao Anibal, do qual deriva, o Massif apresenta importantes diferenças, quer ao nível da estética, acabamentos ou mesmo mecânica. A dianteira com grupos ópticos posicionados na diagonal e uma imponente grelha com o logótipo da marca ganha uma forte presença e uma aparência moderna. No interior, este modelo está preparado para receber inúmeros acessórios de conforto, hoje em dia, habituais em qualquer berlina.

De facto o conceito estrutural deste modelo tem 40 anos. Assim não é de espantar que a arquitectura do chassis e a silhueta da carroçaria, transmitam isso mesmo. No entanto, é preciso não esquecer que em equipa que ganha não se mexe, a exemplo disso, o Land Rover Defender é ainda hoje, considerado como um dos melhores 4X4 do mundo.

As motorizações diesel de 3 litros com injecção common-rail são oriundas dos furgões Daily. Trata-se do 3.0 que recebe duas designações HPI de 146 cv e HPT de 176 cv, sendo a diferenciação criada pela gestão do motor, sobrealimentação e transmissão. Enquanto o HPI recorre ao turbo, o HPT disponibiliza o turbo de geometria variável e transmissão de seis relações, partilhada por ambas as motorizações. A transmissão às quatro rodas inclui redutoras.

Em resumo, a Iveco conta com o Massif, para chegar a um tipo de clientes que até aqui não olhavam para a marca como fornecedor de soluções de todo-o-terreno. Face às diversas soluções de passageiros, pick-up e chassis-cabina, o Massif é um veículo muito versátil, potente e com boas características para circular em todo-o-terreno.

Fonte: Autoportal

Actualização (30/12/12)

O Massif foi fabricado entre 2007 e 2011. Em 2010, o volume de vendas não era o esperado e a Iveco decidiu cortar o acordo com a Santana. Em 2011, o governo de Andaluzia, dono da Santana, fechou a fábrica e 1341 pessoas perderam o emprego. Foram fabricados 6692 veículos em 2007, 1197 em 2009 e apenas 769 em 2010.

RIP Iveco Massif

(7802)

Partilhe
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
http://www.4rodaspt.com/2008/03/iveco-massif/
Twitter
SHARE