Hyundai Veloster Turbo

Hyundai Veloster Turbo

O Veloster é um daqueles carros que primeiro se estranha e depois se entranha. É um coupé assimétrico, pois o lado direito é diferente do esquerdo.

E é diferente como? De um lado é um coupé de uma porta, do outro, o coupé tem duas portas, a segunda de acesso aos lugares traseiros, da mesma forma que a Mini utiliza no seu Clubman. Este sistema obriga que se utilize a porta de acesso atrás só junto ao passeio, ou lado direito da via, por uma questão de segurança.

O Veloster segue a nova filosofia da marca “New Thinking. New Possibilities” para dar corpo a um coupé diferente, concorrente directo dos Honda CR-Z, VW Scirocco e Renault Megane Coupé, mas com outros atractivos além da performance e da estética.

Lançado em 2011 no Salão de Genebra desse ano, com um motor 1.6 GDi atmosférico de injecção directa a gasolina, com 140 cavalos às 6300 rpm e 167 Nm de binário máximo às 4850 rpm, surge agora com uma mecânica mais potente, onde foi adicionado um turbo de dupla entrada (Twin-Scroll), passando a desenvolver a potência de 186 cavalos e 265 Nm, entre as 1500 e as 4500 rpm, com o mesmo bloco 1.6 litros a gasolina. O novo 1.6 T-GDi anuncia um consumo de 6.9 litros aos 100 km e emissões de 157 g/km de CO2.

Atinge os 100 km/h em apenas 8.1 segundos, com uma caixa automática Shiftronic de seis relações, e 8.4 segundos, se o motor estiver acoplado a uma caixa manual de seis relações. A título de curiosidade, é cerca de 2 segundos mais rápido que a versão atmosférica. A velocidade máxima cifra-se nos 214 km/h.

A versão Turbo do Veloster distingue-se da versão atmosférica por alguns detalhes exteriores, como os pára-choques, grelha, faróis de nevoeiro airelon e ponteira de escape, de aspecto mais agressivo. As jantes de liga leve de 18 polegadas completam o conjunto. É ainda 30 mm mais comprido e 15 mm mais largo, e a bagageira comporta 320 litros. A suspensão foi ajustada e o sistema de travagem melhorado.

O Veloster Turbo custa qualquer coisa como mais 5 mil euros que a versão aspirada. Assim, os preços arrancam nos 30.940 para a versão de equipamento Style, e mais 2000 euros se optar pela caixa automática.

O Veloster convencional de 140 cavalos pode ser adquirido a partir dos 23.700 euros com o nível de equipamento Blue Comfort.

Texto: Vítor Penedo

(1137)

Partilhe
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
http://www.4rodaspt.com/2013/04/hyundai-veloster-turbo/
Twitter
SHARE