Jeep Wrangler 75th Salute

Jeep Wrangler 75th Salute

O Wrangler 75th Salute nasceu para homenagear os 75 anos de existência da marca.

Tudo começou em 1941, a 15 de Julho, quando a Willys-Overland Co., ganhou um contrato militar com os EUA, para o fornecimento dos seus Willys MB (desenvolvido em apenas 12 meses), um veículo leve e ágil, estandardizado e capaz de subir paredes, que o país pudesse utilizar no teatro de operações da Segunda Guerra Mundial.

A origem da sigla “Jeep” ainda está por confirmar, até a própria marca, na sua página oficial, não toma uma posição clara. Há quem diga que Jeep vem de “GP”, o mesmo que “General Purpose”, o certo é que, o pequeno todo-o-terreno, rapidamente se tornou em Jeep, pela voz dos soldados.

O protótipo que aqui se apresenta, toma a base do Wrangler Sport e adopta a nova motorização a gasolina do Wrangler 2012, o Pentastar V6 de 3.6 litros com 289 cavalos e caixa manual de seis relações.

A nova carroçaria não tem pilar B, nem portas, nem tejadilho. Os bancos são básicos e sem apoio de cabeça, não existe qualquer revestimento no piso, nem tapete; a roda suplente, pendurada na porta traseira, com jante em ferro de 16 polegadas e pneu militar de 32 polegadas, também está presente. E como veículo militar que é, está pintado a verde-oliva (“olive drab”), com pára-choques em ferro e ganchos integrados.

A numeração que aparece no capot representa “15 de Julho de 2016” (20160715) e o “419” que está estampado no pára-choques, é o código de Toledo, Ohio, onde está implantada a fábrica que construiu muitos dos Willys MB e continua a construir os Wrangler. Um pouco por toda a carroçaria, estão estampados os símbolos e referências que todo Willys MB tinha na época.

O Willy MB teve uma produção de 640 mil unidades, entre 1941 e 1945. O seu bisneto Wrangler 75th Salute é único.

Texto: Vítor Penedo
Fonte: Jeep

(619)

Partilhe
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
http://www.4rodaspt.com/2016/07/jeep-wrangler-75th-salute/
Twitter
SHARE