Toyota Prius Plug-in Hybrid

Toyota Prius Plug-in Hybrid

Chega ao mercado a segunda geração do Prius Plug-in, com superior autonomia em modo 100% eléctrico, assim como um design arrojado, que não agrada a todos, mas pretende ser eficiente.

O Toyota Prius foi o primeiro veículo híbrido (motor de combustão em conjunto com motor eléctrico) produzido em série. Lançado oficialmente em 1997, apenas no Japão, chegou a outros mercados a nível mundial em 2001. A segunda geração nasceu em 2004 e a terceira em 2009.

Em 2010 tornou-se o veículo com a maior economia de combustível no mercado norte-americano. A Agência de Protecção Ambiental (EPA) e a Comissão dos Recursos do Ar da Califórnia (CARB), certificaram o Prius como o automóvel mais limpo vendido nos Estados Unidos, segundo as suas emissões tóxicas e poluição do ar.

A quarta geração do Prius convencional foi lançada no mercado japonês em Dezembro de 2015, e nos mercados europeu e norte-americano, no início de 2016. O Prius atingiu vendas globais de 5.7 milhões em Abril de 2016.

A primeira geração do Prius Plug-in chegou em 2013, tendo por base a terceira geração convencional. Utilizava baterias de iões de lítio de 5.2 kWh co-desenvolvidas com a Panasonic. Permitia uma utilização em modo 100% eléctrico a maiores distâncias e velocidade que o Prius convencional, ou seja, 25 km a uma velocidade máxima de 85 km/h. As baterias podiam ser recarregadas em 100 minutos com tomada de 200 volt.

A segunda geração do Prius Plug-in, agora apresentada, tem uma bateria de iões de lítio de 8.8 kWh, que pode ser carregada numa tomada doméstica em apenas 3h10 (em 2 horas com o sistema de carga rápido) e permite uma utilização exclusivamente eléctrica de 50 km (63 km no ciclo NEDC), a uma velocidade máxima de 135 km/h.

O motor de combustão 1.8 de quatro cilindros VVT-i a gasolina em ciclo Atkinson, é o mesmo da versão convencional. Combinado com o propulsor eléctrico, debita 122 cavalos. O consumo médio é de 1 litro nos primeiros 100 km. As emissões de CO2 ficam-se pelos 22 g/km.

O novo Prius Plug-in integra no tejadilho um painel solar, permitindo adicionar 5 km por dia à autonomia 100% eléctrica, quando estacionado (e não ligado a uma tomada de carga).

A carroçaria do Prius Plug-in 2017 é diferente do Prius convencional. Os elementos próprios de estilo estão presentes nos pára-choques, na grelha e nas ópticas, sugerindo uma tecnologia mais avançada.

O interior apresenta o mesmo design no painel de bordo que o Prius convencional, no entanto, o Plug-in tem um ecrã de info-entretenimento maior, de 8 polegadas. De modo a acomodar a bateria de maior capacidade, a bagageira perdeu volume, 360 litros agora, contra os 502 litros do Prius convencional.

Chega a Portugal em Abril, a partir dos 41.200 euros.

Texto: Vítor Penedo
Fonte: Toyota

(121)

Partilhe
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
http://www.4rodaspt.com/2017/02/toyota-prius-plug-in-hybrid/
Twitter
SHARE